Medalha de ouro na Sapucaí, Mestre Chuvisco representa o Velho Estácio no revezamento da Tocha Olímpica

Emoção no Berço do Samba. Entre tantas personalidades que se revezaram na condução da tocha olímpica pelas ruas da cidade do Rio de Janeiro, a primeira escola de samba do Brasil teve como representante, mestre Chuvisco, comandante da bateria Medalha de Ouro.

Nascido e criado no morro de São Carlos, o mestre de bateria dividiu a missão de representar o GRES Estácio de Sá com Natália, carinhosamente chamada de Princesa da Bateria pela direção da escola.

– Eu nem sei como definir o que senti quando me passaram a tocha. É uma emoção indescritível e um orgulho imenso, um misto de sensações e todo um filme que passa na cabeça da gente. Representar a minha escola em um momento com este é algo maravilhoso que vai ficar pra sempre gravado na história do Estácio e na minha também, comentou Chuvisco após cumprir a missão olímpica.

O mestre de bateria, que recentemente chegou da França onde realizou diversos workshops de percussão, conduziu a chama na Praça Mauá na noite desta quinta-feira. Para celebrar o início dos Jogos, a quadra do GRES Estácio resolveu antecipar o horário do ensaio e das eliminatórias que seguem normalmente nesta sexta. Com preços populares, o samba no Velho Estácio começa às 19h, com entrada a R$10 e classificação livre. A escola também preparou um telão para quem não quiser perdwr nenhum momento da cerimônia de abertura.

O endereço da quadra é rua Salvador de Sá, 206 – Cidade Nova

{phocagallery view=category|categoryid=60|limitstart=0|limitcount=0}