Érika Ender, artista panamenha e filha de uma brasileira, vai desfilar na vermelha e branca

  • DSC 0005
  • DSC 0012
  • DSC 0014
  • DSC 0016
  • DSC 0018
  • DSC 0019
  • DSC 0024
  • DSC 0027
  • DSC 0028
  • DSC 0032
  • DSC 0033
  • DSC 0034
  • DSC 0039
  • DSC 0040
  • DSC 0042
  • DSC 0045
  • DSC 0046
  • DSC 0046 1
  • DSC 0049
  • DSC 0051
  • DSC 0057
  • DSC 0058
  • DSC 0067
  • DSC 0077
  • DSC 0078
  • DSC 0082
  • DSC 0091
  • DSC 0092
  • DSC 0094
  • DSC 0097
  • DSC 0099
  • DSC 0100
  • DSC 0107
  • DSC 0111
  • DSC 0114
  • DSC 0116
  • DSC 0117
  • DSC 0118
  • DSC 0126
  • DSC 0127
  • DSC 0130
  • DSC 0131
  • DSC 0133
  • DSC 0136
  • DSC 0137
  • DSC 0138
  • DSC 0141
  • DSC 0142
  • DSC 0146
  • DSC 0152
  • DSC 0154
  • DSC 0155
  • DSC 0157
  • DSC 0161
  • DSC 0170
  • DSC 0171
  • DSC 0179
  • DSC 0189
  • DSC 0192
  • DSC 0193
  • DSC 0198

Mestre foi anunciado durante a festa em homenagem a São Jorge

A tradicional festa em homenagem a Estácio de Sá que acontece todos os anos na quadra da vermelho e branco, marcou também a volta de um dos filhos mais queridos do Berço do Samba, mestre Chuvisco. O diretor de bateria revelado ainda na escola mirim, se afastou da escola no ano passado para liderar os ritmistas da Vila Isabel porém, a estada foi curta.

- Tínhamos uma proposta a longo prazo, mas não deu certo. De toda forma, agradeço muito a experiência que vivi na Vila Isabel e agora é trabalhar muito para ajudar a Estácio na busca do título. Na realidade, eu me afastei do comando mas não da escola, a Estácio sempre foi a minha casa e eu voltei para ficar, diz o mestre.

Ao longo do dia, mais de 3 mil pessoas passaram pela quadra da vermelho e branco para celebrar o dia de São Jorge. A feijoada gratuita oferecida pela presidência e a roda de samba, marcaram a apresentação dos profissionais que conduzirão o projeto para o Carnaval 2019. Sem grandes modificações, o time segue o mesmo dos últimos anos.

- Aqui no Estácio o que nos importa é a dedicação do profissional e o trabalho que fazemos ao longo do ano. Nem sempre as notas refletem a realidade, a gente confia no nosso time e já começamos a trabalhar para que a escola faça, mais uma vez , uma grande apresentação no próximo Carnaval. O Chuvisco sempre foi nosso, ele só está reassumindo o posto de mestre, porque da bateria ele nunca deixou de ser, disse Leziário Nascimento, presidente da escola.

Sobre o enredo para o próximo ano, o presidente afirmou que em breve, os torcedores estacianos irão saber mais sobre o tema.

- Estamos estudando algumas possibilidades e optamos por esperar mais um pouco até o anúncio. O Tarcísio (carnavalesco) está fazendo algumas pesquisas para nos apresentar um projeto para brigar pelo título, declarou.

FacebookTwitterGoogle Bookmarks

HINO 2019

SIGA-NOS

Faça seu login

Quem está On line

Temos 304 visitantes e Nenhum membro online

Choose your language

Busca

Leão na Educação